• Por: Garantidora Duplique Desembargador
  • 12/05/2014

Bem guardada

Para manter a portaria segura, investimento em treinamento é fundamental * por José Elias de Godoy Neste último mês de abril tivemos um assalto frustrado, em um condomínio na região central, pela ação de uma porteira. A quadrilha tentou invadir um prédio utilizando-se de um golpe por telefone. O fato foi veiculado pela imprensa da […]

Para manter a portaria segura, investimento em treinamento é fundamental

* por José Elias de Godoy

Neste último mês de abril tivemos um assalto frustrado, em um condomínio na região central, pela ação de uma porteira. A quadrilha tentou invadir um prédio utilizando-se de um golpe por telefone. O fato foi veiculado pela imprensa da seguinte forma:
Porteira de condomínio percebe golpe e impede invasão de bandidos – Câmeras de segurança do condomínio, em SP, registraram tentativa de golpe. Porteiros bem treinados podem evitar assaltos. …A porteira do condomínio achou estranha a ligação que recebeu na semana passada. Do outro lado da linha, uma mulher se identificava como uma moradora, que na verdade não existe. “Ela autorizou a suposta neta a entrar com um namoradinho. Eu fingi que acreditei. Aí eu falei que tava tudo certo, que poderia vir, que a entrada estava liberada”, relata a funcionária. A porteira ligou para a moradora do apartamento e descobriu que o nome que a golpista deu era, na verdade, da mãe dessa moradora. “Na hora eu falei: ‘nossa! Isso é um assalto!’
Fonte: Site https://g1.globo.com/, de 07/04/14.
Vale a pena ressaltar que na quase totalidade dos furtos, roubos e invasões de conjuntos residenciais, os ladrões adentraram pela porta da frente, ou seja, pela portaria principal dos condomínios, utilizando-se dos ardis mais diversificados, aproveitando-se principalmente, do pouco preparo de alguns  porteiros. Com isto conclui-se que os assaltantes detectaram um enorme furo no sistema de segurança nos condomínios e portanto estão se aproveitando das falhas humanas a fim de realizarem seus atos delituosos.
Isso somente é possível devido a desqualificação profissional de seus funcionários, já que são facilmente ludibriados ou simplesmente agem por pura ingenuidade. Todos estes problemas estão intimamente relacionados com a falta de treinamento destes profissionais, visto que muitos síndicos acham desnecessário gastar-se com cursos específicos, buscando-se uma especialização.
Visto isto, podemos perceber quão importante é a atuação do porteiro, bem preparado, no sistema de proteção de um condomínio. Onde existem pessoas prestando serviços para outras, a única forma de se modificar comportamentos distorcidos é com um bom treinamento, visto que o retorno vem através de uma maior qualidade na mão-de-obra de portaria. Não se pode esquecer também de adaptá-los às normas, rotinas  e regulamentos de cada  condomínio.
Feito tudo isto, deve-se promover um acompanhamento bem aproximado do desempenho dos PORTEIROS, corrigindo possíveis distorções e orientando-os em caso de dúvidas e problemas que possam surgir. Cabe lembrar que, a tranqüilidade, segurança e confiabilidade profissional proporcionado por PORTEIROS bem preparados e de confiança,  como a que vimos na reportagem acima, não é um Custo, mas sim um excelente INVESTIMENTO.
Fonte: SindicoNet

  • COMPARTILHE

Pesquisar

Desenvolvido por: