• Por: Garantidora Duplique Desembargador
  • 28/08/2018

Barulho em condomínio: veja como proceder nesses casos

Davi Fortes fala sobre um dos assuntos que mais incomodam condôminos: o barulho em condomínio. Assista ao vídeo e veja como proceder em casos como esse. Provavelmente a queixa mais comum de quem mora em condomínios se refere ao barulho. Pode ser  algo apenas passageiro como o caminhar de uma pessoa no andar de cima, […]

Davi Fortes fala sobre um dos assuntos que mais incomodam condôminos: o barulho em condomínio. Assista ao vídeo e veja como proceder em casos como esse.

Provavelmente a queixa mais comum de quem mora em condomínios se refere ao barulho. Pode ser  algo apenas passageiro como o caminhar de uma pessoa no andar de cima, ou mais corriqueiro, como uma música alta em determinada hora do dia. Não importa, o barulho excessivo sempre vai incomodar alguém.

Porém, engana-se quem acredita que qualquer barulho é permitido entre 10h e 22h. Mesmo nesse período do dia vale o bom senso entre os moradores.

E para evitar maiores dores de cabeça em relação ao tema, o melhor é expressar na convenção e no regulamento interno do condomínio os horários permitidos para fazer barulho.

Por isso, saiba mais sobre “barulho em condomínios”.

Neste vídeo, da série “E-agora síndico”, do Viva o Condomínio vídeos, o empresário e especialista em assuntos condominiais, Davi Fortes apresenta algumas soluções para este problema.

Confira!

 
Fonte: Guilherme de Paula Pires | Viva o Condomínio | https://vivaocondominio.com.br

  • COMPARTILHE

Pesquisar

Desenvolvido por: