• Por: Garantidora Duplique Desembargador
  • 03/02/2015

A melhor opção de telhado

Estudo mostra que a manta reflexiva supera a tradicional telha de cerâmica e o telhado verde Estrela de muitos projetos que buscam a sustentabilidade dos empreendimentos, o telhado verde pode perder seu protagonismo. Um estudo realizado pela Fundação Espaço Eco – organização que atua como um Centro de Excelência em Socioecoeficência – demonstrou que a […]

Estudo mostra que a manta reflexiva supera a tradicional telha de cerâmica e o telhado verde

Aniele Nascimento/Gazeta do Povo / Opção mais utilizada para cobertura, o telhado cerâmico é o menos ecoeficiente
Opção mais utilizada para cobertura, o telhado cerâmico é o menos ecoeficiente

Estrela de muitos projetos que buscam a sustentabilidade dos empreendimentos, o telhado verde pode perder seu protagonismo. Um estudo realizado pela Fundação Espaço Eco – organização que atua como um Centro de Excelência em Socioecoeficência – demonstrou que a manta reflexiva, ainda pouco utilizada nas construções, é a alternativa mais viável quando se trata de desempenho econômico e ambiental para a cobertura de residências.

A pesquisa analisou a eficiência de três tipos de telhados – o tradicional cerâmico, o telhado verde e a manta reflexiva – na cobertura de uma área útil de 63,5 m², mantendo a temperatura interna de 24°C durante 30 anos. “Este período corresponde ao tempo médio de vida de uma casa, realizando-se as manutenções periódicas”, explica Juliana Andrade, coordenadora de socioecoeficiência da fundação e responsável pela supervisão do estudo.

Danilo Verpa / Folhapress / Dois telhados, um com a telha cerâmica e outro com a manta reflexiva
Dois telhados, um com a telha cerâmica e outro com a manta reflexiva

Para a análise, os pesquisadores utilizaram uma abordagem denominada “do berço ao túmulo”, que analisa toda a cadeia produtiva, desde a extração dos recursos naturais até a produção e desmontagem das coberturas, incluindo consumo de energia, transporte, acidentes e doenças ocupacionais.

A vantagem da manta foi garantida pela sua propriedade reflexiva, que funciona como um isolante térmico. Nela, o calor transmitido pela radiação não é absorvido pela cobertura da casa, mantendo o conforto térmico ao mesmo tempo em que reduz o consumo de energia elétrica pelo uso de equipamentos de ar-condicionado.

O custo mais baixo para a instalação, manutenção e operação é outra vantagem da manta. Seu uso representa uma economia de 45% em relação à cobertura cerâmica, enquanto no telhado verde essa redução é de 29%. “A manta reflexiva também utiliza uma quantidade menor de matéria-prima em sua produção, que tem risco de acidentes de trabalho mais baixos por vir da cadeia petroquímica”, acrescenta Juliana.

Cerâmico x verde

O telhado cerâmico, amplamente utilizado nas construções residenciais, foi considerado o menos ecoeficiente pelo estudo. Além de ter o desempenho térmico mais baixo entre as alternativas analisadas, ele é o que apresenta maior custo de instalação e manutenção e o que consome mais matéria-prima em sua produção. Seu aspecto positivo está na reduzida geração de resíduos quando comparado ao telhado verde.

Com isolamento térmico próximo ao alcançado pela manta reflexiva e menor utilização de energia para sua produção e instalação, a cobertura verde figura como a segunda melhor alternativa entre as opções para o telhado das residências.

Sua desvantagem em relação à manta, considerando-se os parâmetros do estudo, se dá pela elevada emissão de resíduos decorrentes da poda necessária para sua manutenção. “O telhado verde também é prejudicado pelo maior risco de acidentes de trabalho na extração dos minérios que compõem seu substrato”, lembra Juliana.

Fonte: Gazeta do Povo

  • COMPARTILHE

Pesquisar

Desenvolvido por: